Publicações de Sebastião Nery

Grandes pecados da imprensa (2000)

GRANDES PECADOS DA IMPRENSA (2000), Geração Editorial, São Paulo, SP. Uma velha divida que eu tinha com Ruy Barbosa e Juscelino Kubitschek, que sofreram campanhas massacrantes da imprensa e a história provou que a imprensa errou quase totalmente. E pus mais dois atuais: Orestes Quércia e Alceni Guerra, também injustamente denunciados, como a justiça provou depois.

Portugal, um salto no escuro (1975)

PORTUGAL, UM SALTO NO ESCURO (1975), Editora Francisco Alves. Fui a Portugal fazer reportagens sobre a queda da ditadura de Salazar, o processo era tão interessante que corri o país, fiz a pesquisa e escrevi o livro que Tristão de Athayde, em dois artigos no Jornal do Brasil, disse que era o melhor que ele havia lido, entre os publicados no Brasil e na Europa, sobre a Revolução dos Cravos.

Socialismo com liberdade (1974)

SOCIALISMO COM LIBERDADE (1974), Editora Paz e Terra, Rio. Uma viagem à Alemanha, Iugoslávia França, Holanda, Inglaterra, Áustria, Bélgica, Espanha e Marrocos. Quase todos esses paises eram dirigidos por partidos social-democratas (que na Europa se chamam socialistas). A Iugoslávia, com Tito vivo, era um comunismo sem Moscou. Meu objetivo era mostrar que, sem liberdade, o comunismo da União Soviética e do Leste Europeu não agüentaria mais 20 anos. Agüentou 25.